eu também vou reclamar

Mas é que se agora
Pra fazer sucesso
Pra vender disco
De protesto
Todo mundo tem
Que reclamar

O ano era 1976, lançamento do disco Há 10 Mil Anos Atrás. A música, além de ironizar a ditadura militar, ainda cita a volta de Raul Seixas dos Estados Unidos. Mas para se entender o contexto, deve-se voltar alguns anos.

raul-l

Em primeiro de Abril de 1973. John Lennon e Yoko Ono anunciavam a ideia de um país conceitual chamado Nutopia, idealização da qual é o princípio da famosa música Imagine, de 71. Assim como dito na declaração original, a o conceito seria um país sem terras, fronteiras, passaportes, apenas pessoas.

Imagine there’s no countries
It isn’t hard to do
Nothing to kill or die for
And no religion too
Imagine all the people
Living life in peace

E não eram os únicos. Durante a década de 70, ainda com a desilusão dos anos 60 não terem resultado no que se esperava, a Guerra do Vietnã, muita cocaína e outros entorpecentes, surgiam várias concepções de formas para alcançar as tão idealizadas e almejadas liberdades individuais.

Vindo para o Brasil, ainda existia um outro fator – a ditadura militar, marcada por reprimir qualquer coisa que fosse considerada como contrária à ditadura. Por outro lado, ocorria uma estabilidade econômica e o povo estava contente. Porém, a repressão incomodava alguns. Assim, entram em cena dois nomes: Raul Seixas e Paulo Coelho, tendo conhecido um ao outro em 1972.

raul-coelho

A amizade, que veio a se tornar parceria, teve grande influência na carreira de Raul Seixas, não só em suas composições, mas nos shows, que continham elementos teatrais e filosóficos. A música Ouro de Tolo, lançada no disco  Krig-ha, Bandolo! de 73, foi usada numa ocasião importante: Seguindo a ideia de Paulo Coelho, Raul Seixas chamou a imprensa e, na Avenida Rio Branco, cantou a música, que ironiza a aparente calmaria e estabilidade do período. O episódio deu tanta repercussão que chegou a ser exibido no Jornal Nacional.

Ah!
Eu devia estar sorrindo
E orgulhoso
Por ter finalmente vencido na vida
Mas eu acho isso uma grande piada
E um tanto quanto perigosa

Além da insatisfação, algo os dois compartilhavam era o interesse na obra do controverso ocultista Aleister Crowley, o que acarreta na Sociedade Alternativa. O objetivo era criar uma sociedade que seguiria os princípios da Ordo Templi Orientis, organização ocultista que Crowley influenciou, baseando-a na Lei de Thelema, da qual um dos seus dois princípios é: Faze o que tu queres, será o todo da Lei.

Num terreno em Paraíba do Sul, cedido pela Argentum Astrum, outra organização ocultista ligada à Thelema, a ideia começou a ser posta em prática, com o nome de Cidade das Estrelas.

Apesar de ser apenas uma utopia, com a divulgação e as mensagens durante os shows o governo começava a ficar incomodado e a ditadura pressionava, censurando versos da música “Como Vovó Já Dizia”. Raul Seixas foi preso em maio de 1974 pelo DOPS e, segundo ele, torturado, sendo questionado sobre os nomes que faziam parte da Sociedade Alternativa, que estava sendo considerada como um movimento revolucionário contra o governo. Por fim, Raul e Paulo Coelho foram para os Estados Unidos em exílio.

Porém, o disco Gita, lançado no mesmo ano e contendo a música Sociedade Alternativa, fez grande sucesso – o maior de sua carreira – e os fez voltar para o Brasil. E aqui, voltamos para 1976, com a música “Eu também vou reclamar”, mostrando uma visão irônica e distante em relação as músicas de protesto que se espalharam pela MPB e fazendo pequenas citações de fatos de sua carreira.

E sendo nuvem passageira
Não me leva nem à beira
Disso tudo
Que eu quero chegar
-E fim de papo!

raul-seixas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s